Thursday, December 28, 2006

ESPERANÇA


3ª pess. sing. pres. ind. de esperançar
2ª pess. sing. imp. de esperançar
esperança



s. f.,
acto de esperar;
tendência do espírito para considerar como provável a realização do que se deseja;
a segunda das virtudes teologais;
o que se espera;
expectativa;
suposição;
probabilidade;
Zool., Brasil,
insecto ortóptero locustídeo de cor verde;
estar de -: estar no período de gravidez;
dar -s: dar mostras de vir a ser distinto em alguma coisa.




A esperança é um bicho feio
mas bem vindo,
que vive dentro da gente
que faz a gente andar pra frente
sem saber onde vai chegar.

Hoje eu estou cheia de esperança, não costumo cultivá-la por quê não sou muito de esperar.
Hoje eu espero sem pretenções. É contraditório mas é isso.
Só sei que vai ficar tudo bem, ainda não sei como, nem a quem, mas vai ficar tudo bem.

1 comment:

hórus said...

// Hoje eu estou cheia de esperança, não costumo cultivá-la por quê não sou muito de esperar.
Hoje eu espero sem pretenções. É contraditório mas é isso.
Só sei que vai ficar tudo bem, ainda não sei como, nem a quem, mas vai ficar tudo bem.//

Vai ter esperança assim lá looonnggee...

nem tudo fica bem, mas é bom sentir que estão bem sem nem ao menos nós mesmos não estando.

A esperança que mais foco é simmples e engloba todas as outras em geral. Vivo a caça-la dentre as noites e dias que não vejo sempre. Nos rostos diários, nas vidas que me passam pelos olhos de quem finje ser cego, toco várias esperanças que chegam aos meus ouvidos e reflito as minhas próprias. Mas as minhas estão como velas na prateleira deixando suas ceras escorrerem como lagrimas que solidificam na madeira até que eu chegue e com a unha as retire uma vez ao ano. A principal fica ali no raio de sol que vejo ao dia contornando as nuvens de rosa e laranja enquanto sinto o doce e quente aroma do café posto a chicara sobre minha mãe meio tremula de frio. Esse raio eterno deixo sempre até que eu não seja mais capaz de vela, é algo que so encontro em menutos de raros momentos... é algo que cobre todas as outras como um manto azul cortado pelo branco... raro momento que sinto... como um vicio a lutar por isso sabendo ser algo que não se cabe somente a mim encontrar, levo os dias sabendo que o dia encontrarei PAZ... no que faço... em alguém... a onde estarei. Acho até uma a esperar demais... mas como uma grande dificuldade a se superar adoro ter essa como minha principal aliada a meus dias.

paz... em tudo e todos... a onde estiver vou achar e colher cada sentimetro de pano que ela me doará a pintar meus dias a ajudar a quem tambem a procura.